Conheça a Praça do Pôr do Sol
Seja + Turista

Conheça a Praça do Pôr do Sol: o Arpoador de São Paulo

Ao passo que moradores e turistas do Rio de Janeiro curtem o sol se pôr no Arpoador, em São Paulo, os paulistas fazem isso na praça do Pôr do Sol, um dos espaços a céu aberto, e com verde, que tem uma das vistas mais belas da cidade!

Mas isso não é tudo. Embora não se possa comparar as diferentes belezas desses dois lugares, em Sampa (com sua vista para a cidade) e no Rio (com sua vista para o mar), o propósito, a “vibe” e a sensação de paz e liberdade que prevalecem nos dois destinos, são exatamente o que os colocam lado a lado.

Detalhes da praça do Pôr do Sol

Localizada no Alto de Pinheiros e ao ladinho da boêmia Vila Madalena, a praça do Pôr do Sol foi criada em 1960, projetada por Miranda Martinelli Magnoli, e é uma das boas surpresas que São Paulo faz para turistas e para moradores desavisados.

Popularmente chamada pelo nome da sua maior atração, esse grande espaço, na verdade, é nomeado de praça Coronel Custodio Fernandes Pinheiros e tem muito mais do que um lindo pôr do sol para oferecer.

Diferentemente de diversas praças da capital paulista, essa tem uma estrutura que chama atenção e agrada! Seu gramado verdinho é predominante no local, há muretas que servem de assento, playground e até pista para caminhada.

Porém, como não há muitas árvores no local, só algumas, remanescentes da Mata Atlântica, as tardes de verão na praça costumam registrar calor intenso, daqueles de bronzear a pele. Por isso, vale chegar cedo para garantir estacionamento e um desejado lugar à sombra.

Porque visitar o local

Nesse ponto alto de São Paulo a atmosfera é outra! Pouco se ouve do trânsito caótico comum do fim de tarde, comum do horário de pico, comum do pôr do sol paulistano. E mais se escuta os pássaros a cantar.

No local, a “vibe” de paz e amor contamina. Até porque, junto com melodias bonitas, que a galera começa a cantar, com uma vista de cima, de longe, com a grama no chão e um lindo pôr do sol para admirar, o resultado não poderia ser outro: se tem um lugar único e cheio de positividade.

Seja para relaxar, esquecer-se dos problemas, curtir o entardecer, conversar com os amigos, namorar, meditar, fazer piquenique, passear com o cachorro, comprar artesanato ou até praticar alguns esportes, como o slackline, a praça do Pôr do Sol agrada!

Como em todo lugar público e a céu aberto, a fumaça de cigarro pode ser frequentemente sentida. Contudo, isso não é suficiente para atrapalhar a paz de espírito que o lugar proporciona.

Curiosidades

1. É comum ver um drone sobrevoando a região da praça e algumas das imagens podem ser vistas em vídeos do YouTube, como no “Voo Drone – Praça do Pôr do Sol”.

2. A área desse ponto turístico é de 31 mil metros quadrados (praticamente três campos de futebol).

3. A praça é frequentada por pessoas de várias idades e estilos, mas a predominância é de jovens, que vão ao local para curtir a vista, fumar, beber e, muitas vezes, fazer rodas de música, ao som do violão.

4. O espaço já foi usado como cenário de comerciais e até de novelas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quer conhecer?

O endereço é praça Cel. Custódio Fernandes Pinheiro, 334 – Alto de Pinheiros, e as estações de metrô mais próximas são a Vila Madalena ou Faria Lima, que ficam a cerca de 2 km de distância do local.

Caso vá de carro, saiba que não há estacionamento na própria praça. Por isso, a recomendação é chegar um pouco antes do pôr do sol, principalmente nos fins de semana, para tentar achar vaga.

Vale lembrar que, em São Paulo, o sol costuma se pôr por volta das 18h. No site Web-Calendar é possível consultar o horário certo em que isso acontece em cada dia do ano.

Em nosso site, na seção Seja + Turista, você encontra diversas outras atrações em São Paulo. Confira cada uma delas e aproveite a cidade ao máximo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close