“PéPequeno”, a nova animação filosófica, estreia hoje nos cinemas

Como dizia o escritor Johann Wolfgang von Goethe, “quem de três milênios, não é capaz de se dar conta, vive na ignorância, nas sombras, à mercê dos dias, do tempo”. Mas o que isso tem a ver com PéPequeno, a nova animação da Warner?

Um filme feito para agradar as crianças de todas as idades, também agrada os adultos de todas as idades. Com mensagem simples, mas poderosa, PéPequeno é uma aventura que conta a história da descoberta: como a verdade, o novo e o diferente pode impactar a vida daqueles que vivem dentro da repressão e como isso pode ser transformador. Confira o trailer!

Numa perspectiva mais profunda, a animação simplesmente implora para questionarmos mais sobre os pilares da nossa sociedade que já estão determinados, mas que podem não ser a verdade absoluta. Para sairmos da caixinha e descobrir a vida, pela perspectiva da verdade. Afinal, uma pergunta bem elaborada é mais explosiva e causa mais impacto do que qualquer resposta, como o nosso amado autor do livro “O mundo de Sofia”, Jostein Garden, deixa claro ao nos explicar as passagens filosóficas da vida humana.

“PéPequeno” traz preocupação à comunidade dos iétis sobre o que pode existir além de seu pequeno vilarejo nas neves em uma nova e divertida história sobre amizade, coragem e a alegria da descoberta. Numa aventura que conta com música original e um elenco de estrelas, PéPequeno vira o mito de cabeça para baixo quando um jovem e genial iéti encontra algo que ele achava que não existia – um humano. Daí adiante é um misto de confusões, trapalhadas e muita emoção com a admiração do novo.

Imagem – divulgação

Um filme que garante boas gargalhadas, principalmente para as crianças, e boa reflexão, principalmente para os adultos, sendo estes dois itens cabíveis de aceitação para qualquer faixa etária. Começa com a imersão do público ao universo dos pésgrandes, o que, a princípio, gera desconforto,  mas logo apresenta todo o contexto, numa execução exemplar que garante a aproximação do público para este novo universo, considerando as passagens que explora o lado humano da história. Mesmo sendo protagonizado por um pégrande, o Migo, a execução do roteiro é excelente ao dar voz, também, ao título da animação, o pépequeno Percy, o humano.

A versão original de PéPequeno é estrelada por Channing Tatum (“LEGO Batman: O Filme”, filmes “Anjos da Lei”) como o iéti Migo; e James Corden (“Trolls”, “Emoji: O Filme”) como o PéPequeno, Percy. O filme também é estrelado por Zendaya (“Homem-Aranha: De Volta ao Lar”), Common (“Selma – Uma Luta pela Igualdade”), LeBron James (do inédito “Space Jam 2”), Danny DeVito (“O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida”, indicado ao Oscar por “Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento”), Gina Rodriguez (da série “Jane the Virgin”), Yara Shahidi (da série de TV “Black-ish”), Ely Henry (da série de TV “Justice League Action”) e Jimmy Tatro (“Anjos da Lei 2”).

Imagem – divulgação

PéPequeno é dirigido por Karey Kirkpatrick, diretor vencedor do prêmio Annie por “Os Sem-Floresta” e indicado ao prêmio Annie pelos roteiros de “A Fuga das Galinhas” e “James e o Pêssego Gigante”. O filme é produzido por Bonne Radford (“George, o Curioso”), Glenn Ficarra (“Cegonhas – A História que Não te Contaram”, da série de TV “This is Us”,) e John Requa (“Cegonhas – A História que Não te Contaram”, da série de TV “This is Us”).

Os produtores executivos são Nicholas Stoller, Phil Lord, Christopher Miller, Jared Stern, Karey Kirkpatrick, Sergio Pablos, Courtenay Valenti, e Allison Abbate. A equipe criativa inclui o editor Peter Ettinger e o compositor Heitor Pereira e o filme estreia hoje nos cinemas brasileiros.

Para saber mais sobre cinema, acesse aqui.

Post Author: Jaqueline Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *