América do Sul: Conheça os artistas que estão nas paradas de sucesso da Venezuela

Algo que se pode notar ao ouvir as músicas venezuelanas é que a grande maioria (ou quase todas) possui ritmo acelerado. Até aquelas que têm uma triste história de amor, são entoadas ao som de melodias e ritmos dançantes, com o reggeaton,  que parecem mais músicas para festas – primeira característica e, talvez, a mais evidente deste estilo de som.

Na Venezuela a música é caracterizada pela mistura de espanhol e elementos africanos. O mais representativo do país é o Joropo, que utiliza ferramentas de auxílio, como o tambor. Com influência cultural dos Estados Unidos, é comum ouvir hip-hop, dance, techno, rock e pop. O gosto musical dos venezuelanos é muito diferente de países da América do Sul. A Colômbia, por exemplo, tem apenas alguns gostos em comum, como Llanera que é a expressão musical nacional e que vem das planícies da Venezuela (Edo. Barinas e Apure).

O gosto musical é marcadamente por salsa, tehcno, merengue e cumbia – para ouvir e não apenas para dançar, como em outros países (está aí a razão pelas músicas possuir ritmos dançantes, com letras tristes). Vale ressaltar que ao tambor e o calypso são importantes no gênero musical venezuelano, além do reggeaton.

A Venezuela

Numa cultura que mistura, essencialmente, três famílias diferentes: os ameríndios, os africanos e os espanhóis, a Venezuela carrega as características das três tribos. A influência indígena é limitada a algumas palavras de vocabulário, gastronomia e a muitos nomes de lugares. A influência africana é da mesma forma, além de instrumentos musicais. A influência espanhola é predominante (devido ao processo de colonização e da estrutura sócio-econômica que foi criada) e, em particular, das regiões de Andaluzia e Extremadura, os locais de origem da maioria dos colonos no Caribe durante a era colonial. Um exemplo disso inclui edifícios, música, a religião católica e o idioma espanhol.

É um país que vêm sofrendo com contradições políticas e, consequentemente, econômicas. Mas, muito diferente do que a grande maioria das pessoas sabem, a Venezuela é um país  conhecido pela diversidade ambiental do seu território e por seus diversos recursos naturais. Confira, agora, os artistas que estão nas paradas de sucesso da Venezuela!

Paradas de Sucesso da Venezuela

 

Danny Ocean – Me Rehúso

O músico venezuelano que se mudou para os Estados Unidos atrás de um sonho, Denny Ocean, hoje é sucesso pelo mundo. Domina as primeiras colocações das músicas mais ouvidas em diversos países. Entre os novos nomes que aparecem com destaque, o cantor tem uma das histórias mais admiráveis. Aos 25 anos, ele percorreu um longo caminho até emplacar o single “Me Rehúso”.

Durante sua adolescência começou a compor suas primeiras músicas e com a crise política, social e econômica, o jovem decidiu mudar sua vida: morar em Miami, nos Estados Unidos. Quando deixou seu país de origem, o cantor também teve a difícil decisão de se separar de sua namorada. Mas foi esse amor interrompido que inspirou Danny a escrever a música que revelaria seu talento mundialmente. “Me Rehúso” hoje é um dos grandes sucessos latinos de 2017.

Danny Ocean

FOTO: Divulgação

Só no Youtube, por exemplo, a música já ultrapassou a marca de 1 bilhão de ouvintes. Em 2017, foi indicado para grandes três premiações: Premios Juventud, na categoria “Artist Revelation”; Kids Chice Awards México, na categoria “Favorite Song” – com “Me Rehúso” e 2017 MTV Millennial Awards, na categoria “Best Party Anthem” – também com “Me Rehúso”.

El Otro Polo | Bésame Ft. Rawayana

El Otro Polo é o projeto solo de Carlos Poletto, mais conhecido como “Polo”. Depois de muitos anos compondo música incidental (música que acompanha uma obra teatral, um programa de televisão ou de rádio, um videogame e outras formas), decidiu traduzir a sua música com uma proposta original e excêntrica que resgata o som de outras eras para colocá-lo em um contexto pop contemporâneo. Foi uma das grades surpresas para o cenário musical venezuelano de 2017, com referências de estilos como o bolero, o tango e até jazz. Em “Bésame”, teve sua primeira colaboração com Rawayana – uma das bandas mais importantes do país. A canção tem romantismo, inocência e flerte na forma de uma balada bolero que evolui para uma explosão de latim e metais.

El Otro Polo

FOTO: Divulgação

O cantor e compositor nascido em Caracas tem um álbum solo, intitulado “A colour”, e já está trabalhando no segundo. Com uma produção independente, “A colour” possui onze grooves, sendo “Cualquier Lugar” o primeiro single. A serenidade e a simplicidade de Poletto vão de acordo com sua proposta sonora, que abrange ontem e hoje – como muitos outros projetos solo – a particularidade da lembrança de bolero e folk, abraçada por aquele jazz envolvente.

“Dar lo mejor de ti” – Mcklopedia con Akapella

Mcklopedia é um jovem que em 2001 se identificou com o gênero musical de vanguarda, criado na cidade cosmopolita de Caracas. Um gênero que mais explicitamente apresenta a realidade política e social das grandes cidades, é uma proposta que usa a música como um veículo, independentemente de gêneros ou estilos. Junto ao projeto “Mcklopedia e Guerrilla jipi”, Mcklopedia traz ao conceito, estilos como soul, r&b, funk, jazz, hip hop e reggae, etc. A música “Dar lor mejor de ti” é considerada uma das melhores canções venezuelanas, como um manifesto público e político, e conta com a participação de outro grande artista muito conhecido por lá, Akapellah.

Mcklopedia

FOTO: Divulgação

Mcklopedia fazia parte do grupo de rap venezuelano “Sétima Raça”, formado em 2004, em San Antonio Los Altos. Lançaram três álbuns: “Positive-mind” (2004), “Septimientos” (2007) e “Rebellion” (2010), todos com o selo independente “DeLaRaíz Records”. Ele também estrelou, em 2009, o filme venezuelano “Son de la Calle”.  Em todos os trabalhos artísticos do cantor, ator e compositor, o pensamento livre de ideias é o centro. Ele usa esta filosofia para fazer com que as pessoas entendam que fronteiras e preconceitos são mentais e que, acima dos interesses individuais, é necessário aprender, como sociedade, que o amor é a única força que prevalece sobre todos outros.  Mcklopedia possui mais de sete discos lançados, além de participações e projetos independentes com outros artistas.

Nacho – No Te Vas

Nacho é o músico mais conhecido da música urbana da Venezuela. Com mais de 7 álbuns lançados, é cantor, compositor e produtor. Miguel Ignacio Mendoza Donatti, com nome artístico “Nacho”, começou sua carreira junto a Chino, quando formou a dupla “Chino & Nacho”, ganhando fama como artista latino. Em março de 2017, o cantor anunciou uma pausa como dupla e assinou um contrato com a gravadora “Universal Music” para continuar sua carreira solo. Além disso, ele assinou um acordo como executivo de música, para ajudar na busca de novos talentos e dar oportunidade para artistas iniciantes.

Nacho

FOTO: Divulgação

Em 14 de abril de 2017, foi lançado o videoclipe de seu primeiro single solo, intitulado “Bailame”, que atingiu a marca de um milhão de acessos no dia do lançamento. Já em novembro do mesmo ano, Nacho ganhou um Grammy Latino pelo álbum “Babies” , que foi produzido para crianças. No começo de 2018, ele lançou o single “No Te Vas” que é destaque nas paradas venezuelanas.

Para saber mais sobre música, acesse aqui.

Post Author: Jaqueline Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *