Peça inspirada em obra de Dostoiévski volta aos palcos no próximo dia 13

Sonho de um Homem Ridículo” foi sucesso de público e crítica quando chegou ao teatro brasileiro pela primeira vez, em 2005.  13 anos depois, o espetáculo retorna com força total em versão protagonizada pelo ator Celso Frateschi.

Dirigida por Roberto Lage, a peça é baseada no conto homônimo do escritor russo Dostoiévski, publicado em 1877, e  conta a história de um funcionário público que se sabe ridículo desde a infância, mas jamais confessa esse fato a ninguém. Sua vida muda drasticamente no dia em que decide se suicidar, mas é interrompido por uma criança de 8 anos que gritava por ajuda.

Como todo clássico do autor russo, “Sonho de um Homem Ridículo” se mantém atual por trazer à tona alguns valores universais “No momento em que a barbárie avança violenta e rapidamente, destruindo valores humanistas que imaginávamos consagrados pela história e quando o sonho de liberdade individual, justiça social e fraternidade passam a ser vistos como retrógrados, a diversidade como ofensa e que virtuoso é quem rouba bem, o teatro se mantém como espaço de prazer estético e construção de conhecimento”, explica  Celso Frateschi, que sentencia “A linguagem não deve estar a serviço da ideologia, mas da liberdade.”

Sonho de um Homem Ridículo” fica em cartaz no  Ágora Teatro até o dia 4 de fevereiro

Serviço:

Sonho de um Homem Ridículo

Reestreia dia 13 de janeiro

Data: sábados e domingos, às 19 horas

Local: Ágora Teatro (Sala Edith Siqueira) – Rua Rui Barbosa, 672 Bela Vista. Informações – (11) 3284-0290. Capacidade – 60 lugares. www.agorateatro.com.br.

Ingressos – R$ 40,00 e R$ 20,00 (meia-entrada) pelo site www.sympla.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *