Detalhes da exposição Sou Fujimoto: futuros do futuro

O que é arquitetura para você? Independentemente da resposta, tenha a certeza de que a sua opinião vai mudar depois de entrar na Japan House e ver a exposição Sou Fujimoto: futuros do futuro. Diferente, minimalista e surpreendente, a mostra faz qualquer um repensar o conceito de construção.

Logo na entrada o visitante encontra diversas peças minúsculas, colocadas em espécies de pedestais que ocupam todo o salão do térreo. Demora um pouco, mas logo é possível notar o que são as esculturas. Todas elas, sem exceção, representam lugares, ou melhor: arquitetura!

sou-fujimoto-futuros-do-futuro-terreo
Parte da exposição, no térreo da Japan House

Para gerar essa percepção, Fujimoto inseriu em meio às suas criações pequeninos homens, desses que geralmente são usados em maquetes. A ideia pode parecer simples e comum, mas são eles que, em meio a vários tipos de materiais, nos fazem notar como as construções poderão e já podem ser versáteis.

Peças da exposição Sou Fujimoto: futuros do futuros – piso térreo

Descrever a floresta de construções presentes nessa mostra seria insuficiente. Há tantas maquetes que circular entre elas dá até medo de esbarrar em algo e acabar destruindo tudo. Portanto, confira algumas imagens que vão te ajudar a entender a arte criada por Fujimoto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O melhor ainda está por vir

Depois de se aventurar entre as pequeninas e diversas peças do térreo, mais surpresas aguardam o visitante, dessa vez, no piso superior da casa.

Lá, está a continuidade, ainda mais detalhada, da exposição Sou Fujimoto: futuros do futuro. Lá, estão maquetes complexas, algumas perfeitamente completas, outras curiosamente inacabadas. Lá, está o futuro da arquitetura imaginado por Sou Fujimoto.

sou-fujimoto-futuros-do-futuro-maquete
Uma das maquetes de Sou Fujimoto, no piso superior – Imagem: Ítalo Cavalcanti

Entre as pequenas e grandes obras de arte, é possível notar que a natureza pode ser muito mais integrada às construções. Diversas maquetes contêm lagos e uma infinidade de árvores.

“A floresta, para mim, é sempre o arquétipo da arquitetura”, frase escrita em uma das obras expostas.

Além das maquetes, que no piso superior são bem maiores, há também diversas imagens na parede. Elas refletem alguns futuros do futuro. O que se vê, ao mesmo tempo em que choca, agrada, encanta e desperta um desejo intenso de viver. Viver para ter a experiência de conhecer, ao vivo, ao menos um dos lugares propostos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Serviços

Duração da exposição: até 04 de fevereiro de 2018
Local: Av. Paulista, nº 52 (próximo à estação Brigadeiro do Metrô)
Horário: de terça a sábado das 10h às 21h | domingos e feriados das 10h às 18h
Valor: entrada gratuita

Sou Fujimoto: futuros do futuro é apenas uma das muitas mostras que estão acontecendo em São Paulo. Continue navegando pelo E.T.C. e confira o nosso guia de exposições em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *