Solid Rock
Por: Renata Schmidt

Dinossauros do Classic Rock em toda a sua glória: essa é a pegada dominante do Solid Rock, festival que reúne as bandas Deep Purple, Cheap Trick e Tesla em turnês no Brasil, Chile e Argentina. Na plateia do show de São Paulo, ocorrido no último dia 13, tinha de tudo, desde os fãs mais jovens de um som clássico até os famigerados “tiozões do metal” que escutavam “Machine Head” freneticamente na adolescência.

Trata-se de uma turnê particularmente especial para o Deep Purple e seus fãs, a “The Long Goodbye Tour”, anunciada oficialmente como última turnê grande do grupo, e a energia no palco estava tão boa que nem mesmo o cancelamento de última hora do Lynyrd Skynyrd, em função do tratamento da filha do vocalista Johnny Van Zant, nem o fato de ser um festival de 6h numa quarta-feira à noite foram capazes de reduzir o ânimo da plateia do Allianz Park.

Confira em algumas imagens o que rolou:

Cheap Trick

A banda começou pontualmente às 20h, anunciada com o slogan “A banda mais foda que você já viu ao vivo”. Impossível descrever melhor, tanto pelo poder dos acordes de guitarra de Rick Nielsen, quanto pela simpatia e a energia de Rob Zander, que deixa muito moleque de 20 e poucos anos no chinelo quando o assunto é presença de palco.

Solid Rock

Deep Purple

Impecável define a performance do Deep Purple no palco, iniciada com os acordes inconfundíveis de “Mars, The Bringer Of War. O show teve direito, inclusive, a improviso do tecladista Don Airey, que tocou “Tico Tico no Fubá” e “Aquarela do Brasil”, para o delírio da plateia.

Solid Rock

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *