Vamos ao cinema juntos
Agenda Cultural Artes Cinema Teatro

Vamos ao cinema juntos? Grupo te convida a conhecer novos amigos cinéfilos

Conversas, amizades e muitas sessões de cinema. Confira a entrevista com o idealizador do grupo que te chama para o cinema todo final de semana

Você acorda em um sábado ensolarado morrendo de vontade de ir assistir as estreias do final de semana no cinema. Pega o telefone e manda mensagem para os seus amigos. Porém, uns vão para a praia, outros para o parque, outros para balada e alguns vão assistir filme na Netflix deitados na cama. O que você faz em seguida? Sai com algum dos amigos? Vai para o cinema sozinho? Ou assiste Netflix mesmo?

Se você falou sim para qualquer uma das opções, está errado – ou pelo menos ainda não conhece a melhor opção para casos como esse. O jovem empreendedor Gleison Nascimento, criou há somente cinco meses um grupo que vem crescendo exponencialmente. São cerca de 1400 pessoas no aplicativo Meetup, 600 no grupo do Facebook e mais de 1800 seguidores no Instagram; todas elas com o intuito de ir ao cinema juntas, se conhecerem e conversarem sobre… Cinema!

“Vamos ao cinema juntos” é uma das ideias que Gleison tirou da gaveta e colocou em prática com grupos pequenos de pessoas. Elas se juntavam para ver as estreias do cinema aos finais de semana na cidade de São Paulo, com interação antes e depois do filme, claro. Os encontros agora chegam a mais de 30 pessoas e muitos participantes ativos, que fazem amizades e voltam nas próximas semanas. “Não esperava que as pessoas atraídas por esta ideia tivessem uma conexão tão forte”, diz o idealizador.

Vamos ao cinema juntos

Funciona assim: os encontros são marcados no aplicativo Meet up e divulgados nas redes sociais. Todos os interessados devem então confirmar presença e um grupo com o nome do filme em questão é criado no Whats App. Lá, todas as pessoas começam a se conhecer e compram os ingressos antecipados para ficarem juntos na sala. No dia da sessão, os participantes se encontram, conversam, comem e bebem para se conhecerem melhor. Quando dá o horário, todos param nas suas poltronas, assistem o filme e depois voltam para uma mesa para conversar sobre o que acabaram de ver.

Poderia ter mais interação? Poderia! Conforme os grupos foram crescendo, Gleison – que agora conta a ajuda de outros três administradores – criou jogos para ajudar as pessoas a perderem a timidez mais fácil e entrarem na brincadeira.

Vamos ao cinema juntos
Foto: Bruna Santos

Quer saber mais? Conversamos com o idealizador sobre o projeto e falamos ainda sobre os próximos planos do grupo para 2018. Confira:

E.T.C.: Como você teve a ideia do “Vamos ao cinema juntos”?

Gleison: Uma ideia nunca surge do nada, ela é uma junção de várias outras. Amo cinema! Uma paixão desde a infância. Frequentava bastante cinema, principalmente para ver os grandes filmes do ano e na maioria das vezes ia sozinho. Porém, sempre observava que haviam muitas pessoas como eu sozinhas lá. O cinema tem a característica de concentrar as pessoas, então, por que não conectar? Já tive outros projetos que provaram o quanto a ideia de juntar pessoas com interesses em comum é poderosa.

E.T.C.: Você tem algumas parcerias já, pode citar algumas delas?

Gleison: Fizemos uma parceria com um projeto chamado PsiCine, que faz exibição de filmes seguidas por debates do ponto de vista psicanalítico. Como o grupo já tinha uma boa base de membros e a proposta deles coincidia bastante com a nossa, utilizamos nosso nome para divulgar o evento deles. No teatro [“Vamos ao teatro juntos?” surgiu após o sucesso do grupo de cinema], conseguimos descontos para assistir as peças.

E.T.C.: Tem outras histórias marcantes nesses meses de encontros?

Gleison: Temos muitas histórias bacanas. Os encontros seguem um padrão de qualidade e são sempre muito bons. Mas, posso destacar o dia em que praticamos uma dinâmica no restaurante e as pessoas de outras mesas também participaram. Foi hilário! Teve também o piquenique que fizemos com exibição de um filme ao ar livre. Foi um momento muito prazeroso para todos nós.

Vamos ao cinema juntos

Vamos ao cinema juntos

E.T.C.: Agora vocês também têm o grupo de teatro, como conseguem conciliar os encontros?

Gleison: Usamos o de cinema, que é maior, para divulgar o de teatro que ainda está crescendo. Hoje dividimos as datas para que no final de semana tenham encontros para uma peça e dois filmes. Acredito que temos um potencial grande para contribuir mais para o incentivo ao teatro, tanto quanto fazemos com o de cinema.

E.T.C.: Quais foram os filmes que tiveram mais pessoas?

Gleison: Cerca de 30 pessoas para assistir Thor: Ragnarok e Assassinato no Expresso do Oriente. Além disso, em um fim de semana prolongado conseguimos levar 50 pessoas diferentes em 3 filmes. A média vem subindo a cada encontro.

E.T.C.: Quais são os próximos passos do grupo (Site, eventos, etc)?

Gleison: Tanto para o de teatro, quanto para o de cinema, é conseguir parcerias para ampliar valor aos encontros. Também pretendemos criar um modelo bem estruturado para que as pessoas tenham autonomia e formem pequenos grupos para ver filmes além de nossa agenda. Além disso, vamos ampliar nosso modelo para outras cidades, mas ainda estamos planejando como fazer isso.

E.T.C.: O que mais te motivou a criar esse grupo?

Gleison: A necessidade de ajudar as pessoas a criarem vínculos mais fortes, e acima de tudo, reais. Em um era em que tudo é virtual, precisamos deixar de lado as ferramentas tecnológicas de relações impessoais e aproximar as pessoas. O cinema e o teatro são capazes de concentrar pessoas e o que fazemos é conectá-las.

E.T.C.: O que você acha que você cresceu nesses encontros? Seus maiores aprendizados?

Gleison: Conhecimento em cinema, obviamente. São vários pequenos aprendizados, tanto técnicos quanto pessoais. Porém, se pudesse ressaltar um, diria que é descobrir o potencial que existe quando pessoas tem conexões fortes, principalmente utilizando o cinema e o teatro, pois eles conseguem despertar emoções nas pessoas e uma vez que as pessoas estão de coração aberto, elas conseguem construir relações verdadeiras.

E.T.C.: Convide nossos leitores para os encontros do grupo.

Gleison: Se você ama cinema, se você ama teatro, se você ama fazer novas amizades, está esperando o quê? Mas, avisamos, isso vicia!

Vamos ao cinema juntos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close