Conheça a exposição Satoyama
Exposições

Exposição Satoyama faz Visitantes Enxergarem os Alimentos de Outra Forma

Qual a sua relação com a comida? Você come para viver ou vive para comer? Cada um tem um modo de ver os alimentos. Para alguns eles são necessários, para outros são prazeres, e para Yoshihiro Narisawa é pura arte. Na exposição Satoyama ele mostra isso.

Enquanto o artista e chef de cozinha viajava por diversos lugares do Japão, recriando a gastronomia japonesa com o que encontrava de mais puro na natureza, o fotógrafo brasileiro Sergio Coimbra registrava tudo. O resultado dessa jornada em parceria foi um livro e, agora, a mostra que está na Japan House.

Lá estão expostos quatro exemplares de luxo do livro, também chamado Satoyama, que será lançado só em 2018. Mas há muito mais para ver.

Beleza e surpresa se misturam em Satoyama

A arte de registrar alimentos todos já sabem que Sergio Coimbra domina como ninguém, mas o que acontece quando a comida fotografada é produzida com ingredientes não convencionais? Com Yoshihiro à frente do preparo, o resultado só poderia ser surpreendentemente belo.

Porém, não é só a beleza das fotografias que surpreende, o maior destaque da exposição é justamente a composição dos pratos registrados.

Conheça a exposição Satoyama

Ingredientes não vistos

Nas imagens, nem sempre o que parece é. Em um trabalho minucioso e com extremo respeito aos componentes da natureza, Yoshihiro produziu receitas com água, fogo, terra e ar. Junto com isso, adicionou itens já presentes na culinária japonesa, mas também alguns ingredientes não convencionais.

Caso pare para ler as descrições de cada prato na exposição, encontrará alguns com cobras, fungos, carvão e até as encantadoras flores da sakura, a famosa cerejeira japonesa.

A escolha desses itens, no entanto, não foi à toa. Cada um deles tem uma história, tem um porque, que é relatado por Yoshihiro em frases do livro que foram destacadas na exposição.

Para apreciar a sakura ainda mais, acredito que devo usar no meu prato as flores, as folhas e o aroma das cerejeiras. Apreciá-las não só com os cinco sentidos, mas também como uma experiência sakura pelo corpo” – Yoshihiro Narisawa

Antes do resultado Satoyama

O que se vê nas fotos da exposição Satoyama é o esultado. Porém, de forma organizada e muito ilustrativa, também é possível descobrir como Yoshihiro e Sergio chegaram ao trabalho final.

Ao todo foram dez viagens, ao longo de três anos de descobertas e criação. Eles foram conhecendo, pesquisando, utilizando e retratando a gastronomia local de diversas partes do Japão, passando por montanhas, mares e terras nunca antes pisadas.

Por fim, se tem uma nova gastronomia, totalmente sustentável, apenas com o que a natureza tem para oferecer. Por fim, se tem uma obra de arte e a admiração por alguém que respeita, conserva e faz os alimentos serem naturalmente belos. Por fim, se tem a poesia, se tem Satoyama Cuisine, o alimento para o corpo e a alma!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Serviços

Duração da exposição: de 19 de setembro a 12 de novembro
Local: Japan House – Av. Paulista, 52 (próximo à estação Brigadeiro do Metrô)
Horário: de terça a sábado das 10h às 21h | domingo e feriado das 10h às 18h
Valor: entrada gratuita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close