Mostra é gratuita, dura até 30 de abril e revela uma grande mulher por trás da excelente atriz

Entrar na exposição sobre a atriz Laura Cardoso é como adentrar uma casa, uma casa construída por ela. O tempo todo vê se memórias que foram deixadas ali, na Ocupação. Dentre elas, seus trabalhos, vídeos, fotos, áudios, entrevista, retratos de família, seus principais fatos da vida!  Assim, aos poucos, se descobre por que essa mulher ganhou uma exposição só pra ela. E agora, aqui, você vai descobrir por que deve conferi-la.

IMG_20170316_165825

Rainha das interpretações

Em cada cantinho da casa há uma história. Nas poltronas da enorme sala de estar, porta retratos mostram personagens, na mesa, reportagens e artigos de jornais, nos quadros das paredes, mais entrevistas, feitas por antigas revistas que já conheciam a grandeza e a expressividade de Laura, uma mulher que, com 20 anos de carreira, já havia ganhado 20 prêmios como melhor atriz.

Os prêmios, no entanto, não pareciam significar muito para ela. Em entrevista para uma revista da época, a atriz disse o seguinte: “Experiência de longos anos representada em dezenas de troféus não conta. Por causa disso, minha carreira de 20 anos está indo por água abaixo”.

IMG_20170316_175327

Quando disse isso, a atriz já era conhecida por trabalhar, com talento, no rádio, no cinema e na TV. Contudo, desde então, sua carreira só ascendeu. Ainda hoje, aos 89 anos de idade, Laura Cardoso continua fazendo uso de suas caras e bocas, continua atuando e continua sendo referência em dramaturgia espontânea e em excelente expressividade.

“Ela não chegou a fazer 15 peças teatrais, mas marcou o teatro, com certeza!”, disse José Cetra Filho, crítico de arte, em um dos vídeos exibidos na Ocupação.

Experiência musical

Dentre todos os vídeos que podem ser assistidos, de todas as fotos que podem ser vistas, e de todos os depoimentos que podem ser ouvidos, ainda tem algo mais para ver. Ou melhor… ouvir! De um momento para outro, no belo cenário que foi construído, os visitantes se deparam com um som de fundo: alguém colocou um disco de vinil para tocar na vitrola.

IMG_20170316_165849

Sim! A exposição permite isso, e permite também que você escolha, dentro de uma caixa, os discos que deseja ouvir. Entre as opções estão LPs que fazem parte de referências e do gosto musical de Laura, incluindo trilhas de novelas das quais atuou, como Mulheres de Areia, em 1993, e outras mais antigas.

Experiência sensorial

E quando se pensa que as sensações acabaram, eis que surge uma cortina de tecidos para ser tocada. Com ela, é possível ver e sentir a riqueza e a simplicidade de quatro personagens interpretadas por Laura (Isaura, de Mulheres de Areia, Soraya, de Explode Coração, Laksmi, de Caminho das Índias e Dorotéia, de Gabriela).

IMG_20170316_173549

É uma experiência sensorial que permite a aproximação dos visitantes com a ficção, mas principalmente, com a realidade dessa grande atriz.

Melhor pessoa para admirar

Além de ser uma das melhores atrizes brasileiras de todos os tempos, Laura também é digna de admiração pela pessoa que é, por seus valores, determinação e ensinamentos. Em um dos tantos vídeos que há na Ocupação, é possível ver a família da atriz falar sobre o quanto ela os aconselham a buscarem a felicidade. “Se não te faz feliz, não faça mais”, é uma das frases destacadas no vídeo.

IMG_20170316_175308

Outro ponto muito mencionado é a determinação, ato que parece estar presente tanto na vida pessoal, quanto profissional da atriz, pois ela também costumar pedir isso de seus familiares e mostra, em todos os seus trabalhos, o quanto se dedica à arte da interpretação, estudando a finco cada personagem, pedindo para seus colegas de trabalho para estudarem as próximas cenas e até relendo roteiros de teatro que já foram interpretados dezenas de vezes.

E então? Vai admirar a exposição da Laura também? Se for, mande fotos em nosso Facebook e comente o que achou. Esperamos que goste!

IMG_20170316_175825

Serviço:

Data final da exposição: 30 de abril de 2017
Local:
Itaú Cultural – Avenida Paulista, 149 – São Paulo/SP
Horário:
de terça a sexta-feira, das 9h às 20h | sábado, domingo e feriado, das 11h às 20h.
Valor:
entrada gratuita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *